Search your favorite song right now

1. Desconstrução

  • Published: 2014-09-28T22:45:50Z
  • By JoeyNovel
Desconstrução

A Desconstrução foi o inicio, precisei vagar pelo lado sombrio do que sentia, gritar minha poesia com acordes leves pra suavizar a vida, é uma obra introspectiva e que começa rabiscar meus próprios métodos. Precisava colocar muita coisa pra fora, exorcizar alguns pensamentos.

nothing at of , which is


2. Jaz Num Sonho Febril

  • Published: 2014-09-28T22:45:48Z
  • By JoeyNovel
Jaz Num Sonho Febril

[jaz num sonho febril] Não adianta te imaginar, Debaixo das minhas asas Nunca irá cantar. Mas meu bem, Meu bem-te-vi, Vi-te partir sem chegar. Jaz sem ter visto o mundo, Sem ter visto muito, Mas bem que te vi, Meu bem-te-vi. Ouvi seu canto num sonho, Vi-me como pai E pude sorrir. Lá te vi, Meu passarinho, Bem te vi. Não sabia que viria, Não te esperei chegar, Não te vi chorar, Nem te vi, Meu bem-te-vi.

nothing at of , which is


3. Salto Alto

  • Published: 2014-09-28T22:45:47Z
  • By JoeyNovel
Salto Alto

[salto alto] Pulei No vazio, Nada sem ti, Nada do eu, Nada, só frio. Não foi nadar; Não foi nada, não. Não foi pra banhar E não foi por falta de tentar. Pulei Na memória E me perdi; Despedi-me E disse a deus, Perdão por ser fraco E não tentar mais. A ponte aponta a sorte. É tentação tentar ser O que não sou, Não sou forte E digo adeus. Se não me quer Não sou de ninguém, Nem meu. A ponte aponta a sorte. Pulei No vazio Nada sentir, Nada doeu, Nada sofri.

nothing at of , which is


4. Nocturne II (canção do silêncio) - Low Chi

  • Published: 2014-09-30T17:37:22Z
  • By JoeyNovel
Nocturne II (canção do silêncio) - Low Chi

A Desconstrução foi o inicio, precisei vagar pelo lado sombrio do que sentia, gritar minha poesia com acordes leves pra suavizar a vida, é uma obra introspectiva e que começa rabiscar meus próprios métodos. Precisava colocar muita coisa pra fora, exorcizar alguns pensamentos.

nothing at of , which is


5. Lembrete Que Terminei Depois

  • Published: 2015-02-07T05:26:13Z
  • By JoeyNovel
Lembrete Que Terminei Depois

[lembrete que terminei depois] Apenas foram-se as penas, As pernas longas a divagar. Nada corta mais Que o foi-se Quando você se vai. Mas quem dirá o tal dito Se já não há ninguém Tão perto. As penas se foram, As pernas cansaram, Nada sara mais. Não resta nada Além dos restos, Não pesa nada além, Dá pena. Se sinto algo Não sinto muito, Não te fiz mal, Nada te fiz... Se sinto algo É sentimento.

nothing at of , which is


6. Sem Asas

  • Published: 2014-09-28T22:45:47Z
  • By JoeyNovel
Sem Asas

[sem asas] O gasto, O gosto, O gesto. O rasto, O rosto, O resto. O linho, A linha, Alinha A lenha, O fogo, O afago. Todo passo É toda perna, Tudo penso O tempo todo, Passo um pouco De passagem No lugar. Tudo é tempo, É todo mundo, Tudo muda, O mudo fala Quando a saudade chega, Divagando Devagar. E foi-se embora, E foi-se, E tudo que se passa É passagem, É todo peso Em todo corpo, As costas doem, E as penas caem.

nothing at of , which is


7. Exilados

  • Published: 2015-02-07T05:26:13Z
  • By JoeyNovel
Exilados

[exilados] No meu papo só, No meu quarto só, No meu eu, No meio Da escuridão, Teto claro é o chão Pela frecha da porta; Ninguém se importa. No seu quarto só, Na janela o sol, Nos lençóis o cheiro De dias atrás, Atravessa o chão; Na penteadeira, Os teus cabelos. Caem fio a fio, Saem no vazio, Milhas partem a mil, No frio sente o exílio.

nothing at of , which is


8. Nocturne IV (existência) - Low Chi

  • Published: 2015-02-07T05:26:13Z
  • By JoeyNovel
Nocturne IV (existência) - Low Chi

A Desconstrução foi o inicio, precisei vagar pelo lado sombrio do que sentia, gritar minha poesia com acordes leves pra suavizar a vida, é uma obra introspectiva e que começa rabiscar meus próprios métodos. Precisava colocar muita coisa pra fora, exorcizar alguns pensamentos.

nothing at of , which is


9. Inteireza

  • Published: 2015-02-07T05:26:13Z
  • By JoeyNovel
Inteireza

[inteireza] Sol, não solta à mão, Sol, não solte o céu, Não solte o ar Dos pulmões pra suspirar. Sol queime o chão Pra que eu sinta nos pés O calor que é andar No mundo. E amar, Amarra o laço Da saia, Mas não saia. Me amarro Nessa marra Que é amar À beira mar, À beira mundo. Que é andar À beira mar, À meio mundo.

nothing at of , which is